Colostro: a primeira vacina do bebê

Logo após o parto (em alguns casos, ainda durante a gestação), o corpo da mulher começa a produzir o colostro, um tipo de leite materno. Vamos conhecer mais...




O colostro tem um aspecto mais cremoso e um tom mais amarelado que o leite maduro (nos próximos posts vamos falar sobre ele). A coloração se dá devido a presença de betacarotenos - substância que, depois de ingerida e metabolizada pelo organismo, se transforma em vitamina A.


Também conhecido como a "primeira vacina do bebê", o colostro é o alimento perfeito (único realmente completo) para suprir as necessidades do recém-nascido, pois é rico em anticorpos (protege contra infecções e ajuda o sistema imunológico), proteínas, vitaminas, sais minerais e lactose (que promove a multiplicação de lactobacillus bifidus que favorece o crescimento da flora intestinal). Ele tem um efeito laxante, facilitando a eliminação do mecônio (primeiras fezes do bebê) e ajudando assim a prevenir a icterícia.


A produção nos primeiros dias varia de 3 a 5 ml por mamada, quantidade suficiente para nutrir o bebê, e entre 5 a 7 dias, ele se transforma no leite de transição (apojadura - conhecida com a descida do leite).


O importante é a mulher entender que o organismo é sábio, e essa substância produzida pelo seu corpo é exatamente o que o bebê necessita. Quanto mais ofertar o peito ao bebê, mais colostro será produzido.



#filhos #amamentar #posparto #familia


0 visualização0 comentário