A frequência do medo

Você tem medo de que?


De acordo com a psicologia, o medo faz parte das emoções básicas do ser humano - juntamente com a raiva, a tristeza e a alegria - e tem como função nos proteger. Considero de extrema importância as explanações dessa ciência maravilhosa - sou suspeita pra falar (rs) - mas vamos abordar o medo por outro olhar: pela vertente energética.


Quando falamos sobre a energia do medo, estamos falando de padrões vibracionais mais baixos - hoje existem tabelas que mostram pra nós as vibrações das emoções e estados psicológicos medidos em Htz.


Sabemos que atraímos tudo o que vibramos, portanto se estamos sintonizados numa frequência baixa - como a do medo - vamos atrair para a nossa vida tudo o que vibra nessa energia inferior.


Outra questão para a gente refletir é que, quando estamos com medo, nosso campo energético se contrai. Todos nós temos um corpo energético que se estende além do físico que enxergamos e, num estado normal de equilíbrio, esse campo é expandido. Quando estamos com medo, toda a energia é comprimida, trazida para perto (mecanismo de luta e fuga) e assim, diminuimos nosso campo de proteção - exatamento o contrário do que a gente quer. Quanto mais retraído meu campo energético, mais o outro se aproxima de mim, me invade.


Portanto, o medo é uma emoção que, energeticamente, nos traz prejuízos, diminuindo nosso padrão vibracional e nosso campo energético, nos tornando mais vulneráveis.


Quando entendemos que não é o medo que nos protege, mas sim o nosso instinto de sobrevivência, a nossa percepção sobre o perigo (o PERIGO é real, o medo não!), podemos nos policiar nos momentos em que essa emoção aflora, aprendendo a controla-la.


Socialmente, o medo é a maior arma de controle, e paralisa o ser humano. E ai começa o efeito "cascata", porque a mídia e os governos nos controla com o medo, entramos nessa frequência e atraímos tudo nessa vibração.


Você tem medo de que?



#rotina #autocuidado #constelação


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo